domingo, 28 de dezembro de 2008

O primeiro amor a gente nunca esquece

Passou na TV hoje o filme "Little Manhattan", que conta a história de Gabe, um menino de 10 anos que durante o verão se apaixona pela coleguinha de Karatê, Rosemary. O filme é leve e a ambientação e diálogos são refrescantes. A confusão mental do protagonista tentando decifrar porque de repente seu interesse em passar tempo com uma garota, e descobrindo o amor é uma delícia de se ver, e a trilha sonora do filme também ajuda a compor o cenário, capaz de trazer à tona nossas lembranças de infância, quando tudo era mais simples, e incrivelmente complicado também.

No meu caso, me trouxe a lembrança do meu primeiro "amor", de quando eu estudava no CET e tinha meus 8 anos. Seu nome era Francisco e era o menino mais alto da minha sala, dentuço e de cabelos super ruivos (cabeça de fogo mesmo), um verdadeiro Ronald Weasley (referência a Harry Potter). É divertido ver que a gente não esquece certas coisas da infância, eu lembro até onde ele morava, apesar de não ter muita memória de muitos outros acontecimentos dessa época.

Mas, nunca fomos namoradinhos e meu "amor" ficou só platônico mesmo.

2 comentários:

Diana Bitten disse...

Ahhhhh... Momento meigo da Laura.

:) Quer dizer que vc foi apaixonada por um Rony tb???? rsrsrsrsr

Laura Schwartz disse...

Caraca, o pior que lembrei assim, do nada! Na época que li Harry Potter nem pensei nisso.