domingo, 1 de março de 2009

Ler ...

Ontem Luis estava comentando comigo que ele fica feliz quando chega do trabalho já meio tarde e eu ainda estou acordada, porque ele antecipa os momentos antes de dormir quando estamos em silêncio, divindo a cama com nossos dois gatos, cada um absorto em um livro, apreciando esses momentos de calma, conforto com a presença do outro, e relaxando mente e corpo com este hobbie que nós dois tanto apreciamos.

Eu, claro, concordo com ele completamente, pois amo a tranquilidade que ler me traz, e adoro passar esses momentos com alguém que também aprecia não só a leitura, mas também o silêncio nada vazio que ela traz.

Até lembrei a ele que passei uns bons momentos assim na minha última visita à fazenda, nos dias em que não ligávamos o gerador de luz, e nos sentávamos em família, cada um com um livro, ou uma revista, apreciando o fim do dia. Não sei se já comentei antes aqui no blog como eu gosto de fazer parte de uma família que gosta de ler, e como acho natural a leitura, não entendo como alguém pode não gostar de viajar e de se emocionar com um livro. E percebo que busco pessoas como eu nesse prazer tão simples que é ler, minha amiga mais próxima lê tanto quanto eu, meu marido ama ler também. Isso é parte da gente.

Mas o motivo porque resolvi blogar sobre ler em geral e não sobre um livro específico ou algo assim, é porque hoje, dia seguinte a ter conversado justamente sobre isso com Luis, visitei o Blog do PDL (Projeto Democratização da Leitura) e havia um artigo falando exatamente isso. O post é "O silêncio dos livros", e vem acompanhado de pinturas e fotos que captam essa sensação. Um em especial me chamou a atenção e queria colocá-lo aqui pra ilustrar também meu blog. E o que foi escrito lá também é excelente, copio aqui.

"... para falar sobre o silêncio cheio de significados que paira ao redor de alguém lendo um livro. Sobre a aura de tranqüilidade que ronda qualquer biblioteca, camuflando os diversos universos que se misturam acima de todas as cabeças. Se o silêncio é uma prece, ler deve ser uma espécie de religião, que nos anima, conforta, emociona e seduz." (tirado do blog do PDL)

2 comentários:

Diana Bitten disse...

havia falado eu adorei o post.

Adorei lê-lo e senti-lo também, pois deu para notar o clima que você estava quando o escreveu.

Sinto a mesma coisa, e acho que foi isso que nos aproximou tanto.

Adorei a parte "mas também o silêncio nada vazio que ela traz" PERFEITO!

Aliás, Bravo!!! Rsrs

Laura Schwartz disse...

rsrsrsrs Brigadim pelo "buravuro"