sexta-feira, 30 de julho de 2010

As 50 Piores Invenções (Parte 1)

A revista Time colocou em seu website a lista das 50 piores invenções da história, e eu achei tão interessante (alguns todos conhecem, outros são bem obscuros) que resolvi dividi-la aqui no blog, com tradução livre e alguns comentários próprios. Nos próximos dias estarei colocando a lista aqui, de 10 em 10.

1. Segway

A invenção de Dean Kamen supostamente iria mudar o mundo quando foi lançada em 2001, mas o Segway nunca cumpriu a promessa de revolucionar o transporte. Apesar da tecnologia ser interessante - giroscópios fazem o aparelho ser quase impossível de virar - o Segway vendeu muito pouco, nem perto do que seu inventor havia previsto. O Segway ainda existe, conhecido como o veículo de guardas de shopping (e é meio rídiculo ver um guardinha montado em um) e turistas preguiçosos.




2. Nova Coca-cola

Os marqueteiros deveriam saber que alterar uma fórmula de sucesso amada pelos consumidores é uma péssima idéia. Especialmente quando o produto tem 99 anos. A nova Coca-Cola, uma versão mais doce, foi introduzida em 23 de Abril de 1985 e apesar de ter sido bem sucedida nos testes, teve péssimo desempenho no mercado. Ligações, cartas, e reclamações inundaram a empresa, e após somente 3 meses a Nova Coca foi retirada do mercado, e a palavra "Clássica" foi adicionada em todas as latas e garrafas para o consumidor saber que estava comprando o original.



3. Clippy

Clippy era o ajudante do Microsoft Office, e aparecia para dar dicas e ajuda aos usuários do produto. Ele apareceu pela primeira vez no Office 97 mas o problema era que ele aparecia muito, e dava dicas equivocadamente, por exemplo, sempre que se escrevia "querido" ele dava dicas de como se escrever uma carta, tentando ajudar na formatação desta, etc.






4. Agente Laranja

Um herbicida potente usado de 1961 a 1971 na Guerra do Vietnam, era usado para matar a folhagem das florestas fechadas e expor a posição inimiga. A idéia foi bem sucedida mas o preço a pagar, alto. A exposição a substância provou ser fatal para humanos, causando câncer, defeitos de nascimento e outros problemas graves para a saúde. Em torno de 21 milhões de galões foram usados no Vietnam, resultando em milhões de doenças e defeitos de nascimento em cidadãos vietnamitas. Veteranos americanos também foram expostos ao agente laranja e receberam US$180 milhões em 1984, em um acordo com o fabricante.



5. CueCat

Lançado no final dos anos 90, o CueCat foi uma falha bem cara. Milhões desses scanners em formato de gato foram enviados grátis pelos EUA, na esperança de que a população fosse usa-lo. O produto era usado para escanear um código de barra que abria a página referente na internet. Os códigos vinham em revistas de negócios, de informática, etc. mas o consumidor não se apegou a idéia de ter que ler sua revista com o scanner do lado, e dava o mesmo trabalho usar o scanner ou simplesmente digitar o endereço de internet. No fim, o CueCat nada mais era que um peso de papel caríssimo.

6. Empréstimo "Subprime" (não sei qual seria a tradução)

Este financiamento imobiliário é um empréstimo de alto risco dado a pessoas com crédito duvidoso nos EUA. Quando os juros caíram vertiginosamente em 2004 os bancos passaram a fazer empréstimos para quem realmente não deveria receber um, e pior, muitos destes empréstimos tinham taxas de juros que subiam após alguns anos, e o resultado foi que um número gigantesco de pessoas ficaram inadimplentes, um desastre financeiro (referente a bolha imobiliária americana).

7. Crinolina

Usada juntamente com o corset, a crinolina foi um modismo dos mais desconfortáveis. Uma relíquia da era Vitoriana, algumas chegavam a medir 1,80 metros em seu diâmetro, o que fazia tarefas diárias, como digamos, passar por uma porta, um desafio.




8. Nintendo Virtual Boy

Este console teve a vida mais curta de todos os consoles já lançados, ficando no mercado por apenas 6 meses em 1995 antes de ser extinto. O sistema consistia de uma caixa grande e vermelha que tapava a visão do jogador enquanto este tentava jogar jogos com gráficos rudimentares em 3D. Era caro (US$180 na época) e vinha com uma seleção limitada de jogos (somente 14 foram lançados nos EUA). A Nintendo então resolveu focar seus esforços no Nintendo 64 e retirou o Virtual Boy do mercado.



9. Farmville

Este é o joguinho mais viciante já inventado para Facebook, e requer horas infinitas de clicar com o mouse para plantar fazendinhas virtuais que morrerão se o jogador não checar a cada poucas horas. Zynga, que criou o joguinho, anunciou recentemente que 10% de toda população americana tem contas no Farmville (em torno de 65 milhões de jogadores inscritos no joguinho).

10. Gordura Hidrogenada

No final do século XIX a indústria alimentícia começou a usar gordura vegetal hidrogenada nos alimentos para aumentar seu tempo de prateleira, mas estudos modernos descobriram que esta combinação não era saudável, sendo responsável por diversos problemas de saúde, como obesidade, aumento de colesterol e de riscos de doenças cardíacas. Hoje, todo produto deve conter a quantidade de gordura trans em seu rótulo, e muitos produtos foram alterados para retirar a gordura hidrogenada.



2 comentários:

Luka disse...

Amei esse post !
É cada coisa doida né ?!
Bjs
Luka.

Kézia Lôbo disse...

Ahuahauhu eu dei muita risada.. So tem maluko nessa vida!!!