sábado, 21 de agosto de 2010

A dança da Floresta


Este romance de Juliet Marillier é uma história de fantasia com fortes traços de conto de fadas. Jena e suas quatro irmãs vivem num castelo na Transilvania no século XVI e guardam um segredo. Na noite de Lua Cheia elas abrem uma passagem para o Outro Reino, onde encontram criaturas mágicas e dançam a noite toda.

Jena é a segunda filha mais velha, e aos 15 anos é inteligente e responsável, ajudando o pai em seus negócios e é de seu ponto de vista que somos apresentados a estória. Quando seu pai fica doente e vai para outra região para recuperar-se durante os meses de inverno, é Jena quem fica tomando conta da fazenda e das irmãs durante suas idas à floresta do Outro Reino. Mas seu primo Cezar quer controlar a fazenda e tomar conta de Jena também, e como todo o povoado conhece e teme as histórias das criaturas do Outro Reino, ele decide destruir a floresta e destruir os Seres da Noite.

O livro é infanto juvenil, e em meio a toda magia e fantasia presente em suas páginas está um conto de fadas com direito a um sapo encantado; uma história de amor; intrigas e suspenses; etc. A história é bonita e a leitura flui super rápido, mas é realmente conto de fadas puro, mostrando as dificuldades por que passam os personagem, uma provação, um teste onde o personagem cresce e descobre a lição de vida necessária para seu final feliz. Talvez por ser infanto juvenil não foi difícil imaginar para que final a história estava se encaminhando, mas fiquei satisfeita com a forma que foi desenvolvida a história e como foi bem encaixado todas as motivações antes do gran finale. É com certeza um livro gostosinho e mágico para todos que gostam de fantasia, e claramente escrito para meninas.

2 comentários:

Hérida Ruyz disse...

Olá!
Sou louca para ler esse livro, mas ainda não consegui comprá-lo. kkk
Sempre acabo deixando p/ depois.
Parabéns pela resenha.
Bjs

Diana Bitten disse...

Já estive para começar a ler esse livro mil vezes, mas sempre algo acontece e eu "adio a estréia".

Depois de ler seu comentário eu achoq ue realmente ele deve ir para o final da fila. Não me estimulou... e não e pergunte o porquê, pois eu tb não sei.