terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Crueldade contra Animais Bípedes

Sempre ouço se falar sobre crueldade e mal trato de animais de estimação, gatos e cachorros. Hoje venho aqui falar de mal trato de gatos contra seus donos. Meu lindo e fofinho Sushi, que é um gato de padrão pequeno mas que possui garras mortais (razão pela qual ele consta das minhas 101 coisas em 1001 dias, em que prometi manter suas unhas aparadas) conseguiu hoje mais uma proeza.

Estava eu quieta no meu sofá, bordando as flores do meu projetinho de Ponto Cruz aqui citado, quando meu querido Sushi (sentado faraonicamente no braço do sofá) vê meu outro gato louco Juanqui sair correndo para o quarto em busca de seu peixinho de brinquedo e decide que é hora de atacar. Eis que essa coisinha fofa e miserável pula do sofá pra o chão, e erra.

Erra como? Ele cai em minha perna e escorrega para o chão tentando dar apoio a suas patas traseiras para seguir em sua perseguição, ou seja, enfiando suas delicadas garras de wolverine no meu joelho e descendo meia perna antes de conseguir o impulso necessário para dar continuidade em seu pulo.

E e só isso que eu queria dizer, completando que o churrasquinho de filé miau que comi no jantar estava uma delícia ...

7 comentários:

Diana Bitten disse...

Olha, pelo texto eu levei na boa, agora, quando vi a imagem, eu fiquei CHOCADA!

Vc tem que dar limites p esses gatos! Além de cortes constantes nas unhas... rsrsr

Luka disse...

Laura,

Obrigada pela visita.
Passei por aqui e li quase tudo. Adorei. Vou te seguir.
Seu marido é militar? O meu é da Aeronáutica.
Beijos de fada.
Luka.

Laura Schwartz disse...

Obrigada pela visita!

Meu marido acabou de se alistar na Força Aérea Americana, mas só vai pro treinamento básico em Abril.

Bjo.

Diana, eu VOU manter as unhas cortadas e seguir minhas 101 coisas!

Lululinha disse...

Oi!
Nooooossa, que arranhão feio.... Gato tem dessas. Eu sempre brincava com o meu gatinho Polvilho, mas qdo ele ficou maior não deu mais, sempre acabava com uns arranhões pelos braços. Eu saia na rua e algumas pessoas ficavam me olhando meio desconfiadas, mas quem é dono de gato sempre perguntava: "Tu tem gato em casa, né?" KKKKK...
Obrigada pela visita no meu blog, volte sempre!
um bjo!

Laura Schwartz disse...

Olá!

Pois é, quem tem gato sabe o que é. rsrsrsrsr Eu tenho muitos arranhões de muitos gatos que tive. rsrsrsrsr
Obrigada pela visita!
Bjo.

Nara disse...

Eu tenho duas sapequinhas aqui em casa e sei como esses bichinhos às vezes nos maltratam. :D Mas não sabemos viver sem essas coisas fofas, né?!
Bjs! :)

Laura Schwartz disse...

Pois é, eles são anjinhos e diabinhos ao mesmo tempo!