quarta-feira, 13 de maio de 2009

Resumão dos meus mangás recentes

Nos últimos meses passei por um revival no interesse de ler mangás. Nunca deixei de gostar mas tenho realmente lido de novo, principalmente com a facilidade de se encontrar traduções e scans online, sem nem ter que baixar nada de formas excusas.

Dos mangás que li nesses últimos meses posso destacar os que achei mais envolventes, divertidos, ou tão toscos que tive que ler (entre risos e gargalhadas). Hoje só falarei de alguns no estilo shoujo/josei.


















Anatólia (Red River)- é o primeiro mangá que li que se passa na Turquia e Egito Antigo, sendo assim um mangá, épico. A história é de amor, mas tem bastante pano de fundo pra tramas políticas, conspirações dentro da família faraônica e do império hitita, etc. Toda a parte de guerra e política tornam este mangá muito mais interessante que uma simples história de amor, com personagens que são fortes e marcam presença. Recomendo!























Hana Yori Dango - nunca tinha lido este que é um dos grandes mangás já escritos, e que conta a história de uma menina de classe média que estuda em uma escola elite, cheia de ricos superfeciais e preconceituosos, onde ela conhece um grupo de garotos que são a nata da escola, e que têm por passatempo aprontar com os estudantes mais desafortunados. De todas as heroínas dos mangás e animes que já vi, esta é uma das minhas favoritas, por ser menos desmiolada e inocente que a maioria. É uma leitura leve e sim, é de romance em escola, mas é irresistível e gostoso de se ler. Tudo que se espera de um mangá shoujo se encontra aqui. Recomendo!


Outros mangás que li e gostei foram Hot Gimmick (menina é chantageada a virar "escrava" de seu vizinho, que a coloca em situações inusitadas), Boku ni natta Watashi (menina é mandada pra escola elite só de homens pra tomar o lugar do irmão gêmeo que fugiu, onde é obrigada a fingir ser seu irmão), Zettai Kareshi (menina não popular compra um namorado andróide pra poder se sentir mais dentro da turma, mais adolescente, mais popular).

6 comentários:

Diana Bitten disse...

Falo por mim e acedito que por vc tb: ler mangás é um imenso prazer, principalmente quando me cativa.

Concordo ABSOLUTAMENTE com vc sobre os títulos que descreveu: Anatolia e HYD estão SEM DÚVIDA na lista dos meus prediletos!

Só não concordamos em relação à Nodame, né?

Animes eu sigo com o mesmo prazer!

E a satisfação é ainda maior quando assistimos juntas, já que COM CERTEZA é um momento de muitas risadas e descontração!

Laura Schwartz disse...

Com certeza!!!

Belita disse...

Vocês torceram para ela ficar com quem em Zettai Kareshi?

nefasta disse...

HYD é, até agora, o meu shoujo favorito. Nenhum shoujo mangá me fez torcer tanto para uma heroína quanto esse! Eu a-m-o a Tsukushi! E o Domyoji é muito adorável! No mais: li uns três capítulos de Hot Gimmic e desisti. Não me cativou. =/. Já Zettai Kareshi eu só vi o dorama. Detestei. Vou dá uma lida no mangá.

Abraços!

Laura disse...

Eu também AMO HYD, apesar de não ter feito um post exclusivo para ele. Você ia morrer de rir com um e-mail que mandei pra Diana (do Mundinho Extrarrestre, e quem me fez ler HYD) enquanto lia o mangá.

Ela diz que vai blogar o e-mail um dia. rsrsrsrsrsr

Diana Bitten disse...

Rrsrsrs isso é questão de HONRA!!

Eu VOU blogar esse email descompensado um dia!!!!

Aguarde e verá!! Mua-ha-ha! Mua-ha-ha!