segunda-feira, 18 de maio de 2009

Skip Beat - Parte 1




Skip Beat, de Yoshiki Nakamura, é um mangá/anime que conta a história de Kyouko, uma adolescente que larga a escola pra seguir seu melhor amigo e primeiro amor Sho Fuwa para Tokyo, onde ele quer ser tornar um artista famoso. No entanto, quando ele começa a alcançar seu objetivo Kyouko descobre que ele não se importa com ela de verdade, e só a usou como assistente/empregada dele. Tomada por fúria, Kyouko resolve se vingar de Sho, entrando pra indústria ela mesmo, determinada a ser mais famosa que ele. Ela começa por baixo mas sendo uma novata na agência onde o ator mais famoso do momento trabalha, Tsuruga é a sensação do Japão, e Sho o considera seu inimigo, já que Tsuraga tem a maior base de fãs.

A idéia é original, e especialmente, o personagem principal é original. Kyouko é provavelmente uma das melhores heroínas que eu já vi em mangás/animes. Ela é mais forte, com mais atitude e personalidade do que costumo ler/ver, e por isso é muito fácil gostar dela e torcer por ela, entrar na pele dela mesmo. Ao mesmo tempo, ela também é cheia de defeitos, aliás, algo notável nesta série é o fato de todos os personagens serem muito bem desevolvidos, em toda sua complexidade. Como a história é centrada no mundo de atores, é muito interessante o detalhe dado a diferenciação entre os "eu-verdadeiro" dos personagens, e os papéis que estão interpretando, mostrando as nuances emocionais de cada um, de maneira muito atraente.

Comecei a ler o mangá, mas já no terceiro volume descobri que há o anime (primeira temporada) então resolvi assistir o anime, já que sendo uma história com muita atuação, ver os detalhes das expressões em cores e movimento me pareceu muito mais atrativo. Realmente, o anime é muito bem feito, tanto nas partes cômicas (que são muitas) e caricatas quanto nas partes sérias (gostei muito do gráfico do anime, os olhos são muito vivos). A primeira temporada do anime termina num momento péssimo, então obviamente voltei direto pro mangá, que apesar de não terminado está bem mais pra frente. A história é muito envolvente, é um mangá/anime pra não se colocar defeito (o último que li assim foi Hana Yori Dango).

Altamente recomendável!



8 comentários:

Diana Bitten disse...

EEEEEEEPPPPPPPAAAAAAAA!

E vamos nós!!!!! CorreNI atrás dessa maravilha!

Laura Schwartz disse...

Uma pena não estar completo, mas esse eu acompanho fácil. O mangá tem umas partes meio difíceis de ler, muito diálogo, muita informação, mas é mais um detalhe que me chamou a atenção, o fato dele ser completo, não se atendo a somente um aspecto da vida dos personagens, ou ficar batendo na mesma tecla.

Belita disse...

Oi Laura!

Eu curti muuuito esse anime! Qual volume do mangá continua o anime? Eu não sei se leia tudo de novo (porque o anime as vezes corta algumas coisas do manga) ou se pule tudo o que já vi... que é que você acha, hein? Será que vale a pena?

Bjinhos!

Laura Schwartz disse...

Obrigada pela visita Belita. =)

Eu dei uma olhada no mangá pra ver se estava muito diferente e eu achei que o anime está bem fiel ao mangá, então acabei só seguindo de onde o mangá parou.

O anime para no volume 67, o 68 começa justamente com ela indo levar comida pra ele vestida com o uniforme da escola, então dá pra começar daí certinho.

Belita disse...

Obrigada!!!

O problema é que ele ainda não está completo, né?

Ai ai ai... é horrível começar mangas quando estão on going...

Bjos!

Laura Schwartz disse...

Pois é, está ongoing sim, só que o anime parou num ponto ainda pior pra deixar pra lá, né?

Bjo!

nefasta disse...

Olha,o que gosto em Skip Beat! é exatamente uma coisa que você abordou: a humanidade das personagens. Eles têm defeitos, qualidades, erram aqui e acertam acolá. Das personagens,o Ren é o meu personagem preferido(apesar de adorar a Kyouko). É óbvio que há um motivo besta nisso: ele é muito l-i-n-d-o! O cara é maduro, é inteligente, tem pegada...Rsrs! Mas, fora isso, ele me cativou mesmo! Acompanho Skip Beat! e espero que a Kyouko consiga dar uma volta por cima de 360°. *-*

Ps.: Sorry pelo comentário enorme! Quando começo a escrever, me empolgo! -.-

Laura disse...

Se os personagens e a beleza do Ren te empolgam em Skip Beat, eu te deixo a dica de ler o The One, do qual também falei aqui. Você vai AMAR!