quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

B-Shock, Kimi wa Petto e Deep Love Virus

Eu li esses mangás há bastante tempo, mas acabaram ficando esquecidos na lista do que eu tinha pra blogar.


B-Shock é um seinen de Nanako Junko que conta a história de Nitta Arata um jovem universitário do curso de ciência e engenharia que um dia recebe uma carta de amor supostamente da popular Nogi Hatsune, marcando um encontro. Quando ele chega no local marcado ele é sequestrado por um professor maluco que enganou a ele e a Hatsune, para usá-los como cobaia em um experimento científico, que consiste em colocar bombas no tornozelo de cada um, que explodirão se eles se afastarem mais que alguns metros. O experimento tem como finalidade analisar o desenvolvimento no relacionamento entre dois estranhos de universos diferentes (já que Hatsune é popular e rica e Arata é simplório e pobretão) durante um ano.

A premissa é ótima e o mangá é uma excelente comédia situacional, em que os dois acabam tendo que viver juntos, fingir que são namorados, e passar o pão que o diabo amassou com o professor maluco. É claro que apesar de ser seinen também há um tico de romance na história, já que Arata já tinha uma queda por Hatsune. Os personagens secundários são ótimos também e o mangá é garantia de diversão certa. Altamente recomendado! B-Shock pode ser lido, em inglês, AQUI.


Kimi wa Petto é um josei escrito por Yayoi Ogawa, que segue o dia a dia de Sumire, uma mulher de negócios que encontra um rapaz perdido na rua e o leva pra casa, onde ele passa a viver como seu animal de estimação, Momo. A temática é realmente estranha, já que Momo, um bailarino sem endereço fixo, aceita sua condição de animal de estimação porque Sumire lhe dá casa e comida, e também porque percebe que Sumire é uma pessoa bastante solitária, sempre triste, mas que não o veria como amigo ou namorado já que ele é tão mais novo que ela. O mangá é ainda mais estranho porque Sumire realmente passa a maior parte do mangá vendo Momo como um cachorrinho mesmo, sem sentimentos "humanos" em relação a ele.

Eu até gostei da série, pois fora a temática no mínimo bizarra, o mangá é sim um josei com bastante drama e problemas bem reais, De um lado, Sumire e seu trabalho, sua profissionalidade e vida pessoal e seu relacionamento amoroso com um colega de trabalho. De outro Momo, sua antiga parceira de dança, suas aspirações profissionais e conflitos enquanto amadurece. Não é pra todo mundo, mas é interessante. Vale notar que agora estou lendo Kiss & Never Cry, de mesma autoria, que é um josei mais pé no chão, mas que também preza o drama real, e também é bem introspectivo. Kimi wa Petto pode ser lido, em inglês, AQUI.


Por fim, venho falar de Deep Love Virus, um shoujo one-shot que li há poucas semanas. Este é mais um shoujo clássico de estudantes do segundo grau que se apaixonam, mas o que achei interessante foi a idéia inicial de dois amigos de infância, Haru e Mako, que estão acostumados a estar sempre juntos, até que na adolescência Mako começa a nutrir sentimentos por Haru, e já não o vê da mesma maneira, e seu relacionamento antes tão inocente ganha significado novo pra ela, e ela passa a achar que os beijinhos e abraços de Haru querem dizer que ele também sente algo por ela, e ela acaba se iludindo, e depois se machucando quando Haru começa a namorar.

A estória ganha mais contornos e mais romance que essa simples premissa, chegando ao clássico triangulo amoroso tão comum aos shoujos, mas guardo esse mangá por essa idéia de que quando estamos muito perto de alguém, nem sempre conseguimos ver ou perceber as sutis mudanças na pessoa ou em nós mesmos. Deep Love Virus só tem 6 capítulos, e pode ser conferido, em inglês, AQUI.

6 comentários:

Aline Maziero disse...

selinho pra vc no blog!

Kézia Lôbo disse...

Bah menina, achei que era sua seguidora, mas fui conferir e nao!!
OO que deslize, mas agora ta acertado XD....
Vc le mangas?? OO... eu amo mangas, a minha cidade é tao atrasada que dificlmente vem um legal ¬¬, tava lendo vampire knight, mas.. nao terminei OO
Adorei o Deep Love Virus!!!

Laura Schwartz disse...

Kézia, como eu não tenho condição de comprar todos os mangás que tenho vontade de ler (e morando aqui em PR tenho acesso a todos os que saem nos EUA, e são muitos) eu leio praticamente todo dia no One Manga ou no Manga Fox. Tenho mais de 20 mangás em andamento que estou acompanhando (que ainda está em publicação ou sendo traduzido pro inglês(, inclusive o Vampire Knight. Eu simplesmente AMO mangás.

Beijo!

Lulu Sempre Romantica disse...

Amei seu blog , meu marido ama mangá e ja to seguindo,se voce quiser seguir o meu tambem ficarei muito feliz!

http://apaixonadaporromances.blogspot.com

Laura disse...

Obrigada pela visita, Lulu! Irei visita-la.

Diana Bitten disse...

Eu adorei B-shock... to "garrada" no Petto e (ai Deus)tenho que blogar o DLV.

Mas vc já sabia disso, né? Bjo!