domingo, 21 de março de 2010

Kimi ni Todoke


Este shoujo de Karuno Shiina é a nova febre do momento. Está fazendo muito sucesso tanto no Japão quanto aqui (nos EUA) e finalmente cheguei a ele na minha lista. E agora entendo perfeitamente porque ele está tão famoso! E inclusive tive que fazer minha companheira de mangás, Diana, ler também para poder comentar!

Sawako Kuronuma é uma menina que por ser aparentemente estranha, acaba ganhando o apelido de Sadako (nome na menina do filme de terror, "O Chamado") na sua escola, até porque tem longos cabelos negros e pele bem branca. Há rumores de que ela vê fantasmas e amaldiçoa as pessoas que olha diretamente pra ela. Mas na verdade Sawako é tímida, ingênua, doce e completamente mal entendida, que sonha em conseguir fazer amizade com sua turma. Quando o popular Kazehaya começa a falar com ela e a chamar por seu nome correto ela vê seu mundinho mudar. Kazehaya a ajuda a se abrir mais e assim ela consegue fazer amizades e fazer parte da turma, e no processo eles se apaixonam.

O mangá começa bem estilo slice of life, focando na dificuldade de comunicação de Sawako, e nos mostrando sua forma de ver o mundo. Com o desenvolvimento do relacionamento dela com seus amigos e com Kazehaya a história vira mais um shoujo mesmo, com os desentendimentos e tentativas de declaração de costume, só que em Kimi ni Todoke isso tudo é feito de forma singela e meiga, e os personagens são adoráveis, e isso faz deste mangá um dos meus favoritos até hoje. Também tenho que comentar que os personagens secundários são muito bem desenvolvidos e são ótimos, e trazem riqueza para a história e não deixam o romance ficar opressivo ou chatinho.

Recomendo muitíssimo! Kimi ni Todoke ainda está em andamento no Japão e está sendo lançado em sites como One Manga, em inglês.

8 comentários:

Diana Bitten disse...

Cara, não gosto dessa capa, acho que não mostra o verdadeiro clima da coisa, não sei.

Um fator que vc citou MUITO bem é o brilho dos personagens secudários, eles realmente são muito bem desenhados!

Agora, eu sou sua COMPANHEIRA DE MANGÁ? Me poupe! :P Sou companheira de biiiru, Kenshin, Música, livro, Mangá, anime, colégio, família, camarão... rsrsr sua sem coração! Agora eu tb não leio mais oq ue vc tentar me obrigar!

Laura Schwartz disse...

Dentro do contexto do texto você é minha companheira de mangá, dentro do contexto geral você é minha irmã e vc dabe disso, sua dampira!

Diana Bitten disse...

Eu DEI disso sim!

rsrs Vc DABE disso é ótimo...

Laura Schwartz disse...

Vai cagar!

Diana Bitten disse...

Não, tenho que ler o Apanhador no Campo de centeio... estou sem tempo, já que vc me OBRIGOUUUUU a ler o KNT!

nefasta disse...

Bom, vou comentar aqui também (já comentei no Mundinho Extraterrestre. :P). Eu custei muito pra ler o mangá. Achei com cara de ter um romance muito enjoativo. Quebrei a cara: é muito bonitinho! É uma história divertida, romântica e despretensiosa! :)

Ps.: eu sei que não tem nada a ver com o post, mas ri muito dos comentários entre vocês, hahaha! :D

Abraços!

Laura Schwartz disse...

Concordo contigo, o KNT é despretensioso totalmente!

Rsrsrsrs, a gente é meio besta mesmo. Muitos anos de convivência dá nisso ...

Ana C. Nunes disse...

Adorei este manga desde o primeiro capítulos. É tão doce!