segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O Meme de um Mês - Dia 05

Hoje é dia de citar alguém, e depois de ter feito o post do dia 04 sobre o livro "As Brumas de Avalon" fica fácil entender que vem do meu livro favorito a citação escolhida. A escolha dessa citação se deve ao fato de nunca ter me esquecido dela, desde que li o livro pela primeira vez em 1993, quanto tinha 13 anos.

"A verdade tem muitas faces e assemelha-se à velha estrada que conduz a Avalon: o lugar para onde o caminho nos levará depende da nossa própria vontade e de nossos pensamentos ..." (Prólogo de "A Senhora da Magia")

Essa citação vem acompanhada da idéia de que todos os Deuses e Deusas são um só, e que cada pessoa tem a sua verdade e seu Deus com ela. A atração desta citação para mim sempre foi a de que apesar do livro tratar muito da disputa religiosa entre o cristianismo e o paganismo, a personagem principal, apesar de pagã, tem essa visão de que ninguém possui toda a verdade, e de que não há um Deus maior, uma religião mais correta, pois mesmo com diferentes faces, todos os Deuses são um único, e depende de nossa crença.

Acredito que nessa época que me descobri realmente agnóstica, não tendo sido criada por meus pais em nenhuma religião, mas tendo a liberdade para explorar e chegar as minhas próprias conclusões. O prólogo desse livro de Marion Zimmer Bradley sempre me caiu bem neste sentido, de ignorar quem me criticava por ir contra a corrente, de respeitar todas as religiões e todas as crenças de meus amigos ao mesmo tempo me mantendo firme nas minhas convicções.

Mas a citação para mim sempre teve uma interpretação em sentido mais amplo, extendendo essa verdade para todas as escolhas que fazemos. Saber distinguir nossa verdade, que por estar ligada a nossa vontade nem sempre é correta, pois nós podemos, através de nossos próprios pensamentos tomar o caminho errado. É importante saber quando usar de auto-crítica, . Aliás, essa é a luta interna que tenho todos os dias, com as coisas mais diminutas do dia a dia, como não discutir por futilidades ou dizer não àquele pedaço de torta de chocolate. E para todo mundo que me conhece na intimidade, opa, ninguém disse que eu tinha conseguido chegar em Avalon ...

2 comentários:

Kézia Lôbo disse...

Bela explicação para a sua citaçao!!!
XD....

Laura Schwartz disse...

Rsrsrsrsr, não é uma citação filosófica famosa mas é a que eu carrego comigo desde que li a primeira página das Brumas!