domingo, 30 de maio de 2010

Dear John


Esse filminho parecia que ia ser legalzinho para o meu momento pois trata de amor a distância, de um casal separado pelo exército e fica se escrevendo cartas para manter o contato. Com Luis no BMT a gente se comunica por carta a maior parte do tempo, com uma ligação por semana.

Conta a história de um casal que se conhece nas férias de verão e começam a namorar, mas o rapaz é um fuzileiro naval e tem que voltar para o serviço, e eles decidem manter contato por cartas.

Que decepção! O filme parece não ter começo, meio, nem fim, a química entre os pombinhos não está lá, é tudo meio morno no filme. Faltou emoção, faltou história, credo! Nem vou me alongar muito no post porque o filme não merece.

Não recomendo!!!

4 comentários:

Caline disse...

Oi Laura para mim o filme não foi de todo ruim. Mas poderia ter sido beeeeeeeeeem melhor se estivesse mais próximo do livro.
O livro é simplesmente maravilhoso e vale a pena você dar uma conferida.

Laura Schwartz disse...

Pra te dizer a verdade eu nunca li nenhum livro de Nicholas Sparks, mesmo tendo amado o filme The Notebook. De repente eu poderia dar uma chance a um, mas não sei se começaria por Dear John, pois não me apeguei mesmo a nada do enredo.

antonieli disse...

Pensei que só eu não tinha gostado do filme. Amo The notebook e Nicholas Sparks, mas esse filme me deixou com a impressão de "Hã?, é esse o final?", muito sem sentido e arrastado. Só gostei da cena do beijo. Também não recomendo.Leiam O caderno de Noah e outros livros de Nicholas Sparks e assistam The notebook que ganharão muito mais. Recentemente assisti Noites de Tormenta, não é um filme maravilhoso mas é melhor que Querido John.

Laura Schwartz disse...

Pois é, minha cunhada que é 10 anos mais nova que eu também adora The Notebook, como eu, e estava louca pra ver esse filme. Quando eu disse pra ela que vi e não gostei nadinha ela ficou até meio murcha! rsrsrs