quarta-feira, 5 de maio de 2010

Desafio Literário 2010 (Maio)

Tema: Chick-lit
Mês: Maio

Livro: Como me livrar de Matthew
Autor: Jane Fallon
Título Original: Getting rid of Matthew
Editora: Record
Páginas: 400



Sinopse: Helen estava se cansando de ser "A outra" depois de quatro anos em um relacionamento com Matthew, e havia decidido terminar tudo quando Matthew chega de mala e cuia em seu apartamento, dizendo que largou a esposa e ia morar com ela. Helen se sente encurralada e começa a pensar em como poderia se livrar dele.

Observações: Eu gosto muito de livros chick-lit mas "Como me livrar de Matthew" foi um mediano para mim. A razão disso é que não gostei muito de Helen no princípio, e demorei a simpatizar com a situação dela, já que sou totalmente contra mulher que sai com homem casado. No entanto, apesar disso o livro é bem escrito e desenvolvido de forma concisa, e de certa forma com situações bem reais, que aliás, não costuma ser exatamente uma marca dos chick-lit, apesar de ter seus absurdos também. Acho que se o livro fosse um pouco mais engraçado seria melhor, já que o humor também é fator chave no sucesso de um chick-lit, e "Como me livrar de Matthew" às vezes parece quase um drama normal. Ainda assim é um livro gostosinho de se ler no final de semana.

Nota: 3/5

13 comentários:

Diana Bitten disse...

Pensa assim: melhor mediano do que ruim.

Nossa, eu tb detesto essa coisa de mulher que sai com homem casado, aliás, comprometido de um modo geral, e tem isso no livro que eu escolhi tb.

Que azar o nosso esse mês, hein?

Bjo.

Laura Schwartz disse...

Só.

Débora Lauton disse...

Ah, também não gosto de traições... como passei por uma situação muito difícil com meus pais, tenho um bloqueio com esses livros...
Esse eu não vou querer ler...

beijos,
Dé...

Nanda disse...

Ei Laura,

Adoro chick-lit mas este eu ainda não conhecia. Já que é médio vai ficar na reserva mas se passar de bobeira na minha frente na biblioteca eu leio rsrs

bjoo

Patota disse...

Ultimamente ando me encantando com os Chick -lits, conheço poucos, mas até agora os q li me "caíram bem". rsrs

Desse eu não tinha "ouvido falar", mas já tá anotado q ele não ficará etre os primeiros da minha lista.

Bjim!

Mi Müller disse...

Báh eu gosto do gênero, mas não de todos os livros, e como temos gostos meio parecidos vou deixar passar esse. Gostei da resenha.

estrelinhas coloridas...

Adrianne Ogêda disse...

Pela sua descrição, realmente já vi que também não gostaria tanto do livro. Boa resenha!
abs

Lia disse...

Não conhecia esse livro não...achei legal sua resenha pois foi sincera ao dizer o que achou do livro.

Vivi disse...

È...bom saber. Porque essa é uma literatura na qual evito me arriscar. Opiniões honestas são de grande valia.

Beijocas

Kézia Lôbo disse...

Bah tbm nao gosto de mulher/homem que saem com pessoas casadas.. Que infidelidade..
Pelo titulo ache que ia ser legal, mas sua opinião ja me fez nem querer ler o livro ( e por ser um tema chato tbm)...

Laura Schwartz disse...

Pois é, realmente ler um chick-lit onde a heroína não te agrada é uma merda! huahuahuahau

Stella disse...

Olá, tudo bem?

A Editora Novo Conceito junto com o Dominus sorteará um kit literário muito especial para você.

Passe no Dominus e confira:

http://dominus-dominique.blogspot.com/2010/05/promocao-querido-john-quer-conquistar.html

Um abraço e até mais!!!

DaniS2 Aranda disse...

INFIDELIDADE, realmente é coisa doída, leva anos pra se curar, basta o que vemos no dia a dia, deixarei este pra quem gosta do gênero.... abraços