sexta-feira, 21 de maio de 2010

Zoropa - Dia 9

Quartier Latin

Hoje foi meu último dia em Paris, então começamos cedo indo direto para a Ilê de la Cité, onde fica a Catedral de Notre-Dame, famosa por suas gárgolas e estilo gótico, e o Palácio da justiça.


Catedral de Notre Dame

Visitamos a Catedral e seguimos para o Quartier Latin, cheio de restaurantes, bares, ruazinhas gostosinhas de passear, e com preços bem mais acessíveis. Almoçamos um gyro grego, um sanduíche com molho, alface, tomate, carne grelhada num espeto no pão árabe, e batata frita, numa porção mais que generosa e super barato. Os restaurantes de gyro estavam todos cheios, sinal de boa pedida.

Quartier Latin

Após o almoço andamos em direção ao Jardim de Luxemburgo, onde está o Senado, num antigo palácio. O jardim é lindo e enorme, e muitos parisienses estavam tomando sol ao redor das fontes, almoçando sanduíches em baguettes, estudantes, pessoas de terno, todos aproveitando a hora do almoço. Muito legal e tranquilo!


Jardim de Luxemburgo

Dali seguimos para ver a Sorbonne (a universidade antiga onde vários pensadores importantes estudaram) e o Pantheon (uma igreja em estilo greco-romano). Ainda no Quartier Latin visitamos a igreja de St. Sulpice, que ficou famosa depois do Código de DaVinci, pois possui a Linha da Rosa, e no filme é onde Silas (o padre albino) quebra o chão em busca do Graal). A igreja em si é a segunda maior de Paris depois de Notre-Dame, e também é em estilo gótico e muito bonita.

Igreja de Saint Sulpice

Rose Line

Terminado nosso passeio mais histórico fomos ver as lojas, as perfumarias, as lojinhas de souvenir, para fazer (ou tentar, pois os preços estão impraticáveis) fazer as últimas comprinhas da França. Vimos as lojas caríssimas de novo, e umas mais populares, mas que aí tinham preços ok mas produtos que vemos no Brasil também com preços mais agradáveis. Para mim então, em Porto Rico consigo perfumes muito mais baratos, metade do preço ou menos que aqui!

Depois de regressar ao hotel e deixar os poucos souvenirs, retornamos para o Centro para ir ao Museudo Orsay. Vimos muitos quadros impressionistas, de Monet, Manet, Cezanne, Renoir, Corot. Muito lindos! Vimos alguns Van Gogh também, incluindo o famoso auto-retrato dele. O museu em si é muito bonito, pois era uma antiga estação de trem. O dia foi ótimo apesar do alívio ao chegar ao hotel, pois andamos muito em Paris e meus pés estavam doendo pacas!
E que venha Londres!

Pôr do Sol no Senna (quase 22 hrs)

3 comentários:

Kézia Lôbo disse...

NOssa que inveja boa.... Paris é maravilhosa (um dia ainda vou lá)...
Vc deve estar amando!!!

Diana Bitten disse...

OLha, me disseram que o canto gregoriano de Notredame é perfeito, vcs chegaram a pegar?

Bjo! Saudades!

Laura Schwartz disse...

Paris realmente é uma maravilha!

E não Di, a gente não esteve por lá para escutar o canto gregoriano, uma pena.